terça-feira, 17 de julho de 2007

*** VCS VAO DAR FROUXOS DE RISOS ***

"Tenta sim. Vai ficar lindo."Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render àdepilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve.Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria.Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.- Vai depilar o quê?- Virilha.- Normal ou cavada? Parei aí.Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada.Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.- Cavada mesmo.- Amanhã, às... Deixa eu ver...13h?- Ok. Marcado.Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando.Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor.De um lado aparede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de Calígula com O Albergue. Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.- Querida, pode deitar.Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou acordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.- Quer bem cavada?- .é... é, isso. Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.- Ah, sim, claro. Claro nada, não entendia coisa nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).- Pode abrir as pernas.- Assim?- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.- Arreganhada, né? Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha Virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar.Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo super natural. Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.- Tudo ótimo. E você? Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes. O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinhas.- Quer que tire dos lábios?- Não, eu quero só virilha, bigode não.- Não, querida, os lábios dela aqui ó. Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios ? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se ... mesmo.- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor. Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho dePenélope e dá uma conferida na Abigail.- Olha, tá ficando linda essa depilação.- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto. Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. "Me leva daqui, Deus, me teletransporta" . Só voltei à terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada. Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.- Vamos ficar de lado agora?- Hein?- Deitar de lado pra fazer a parte cavada. Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.- Segura sua bunda aqui?- Hein?- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda. Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na caradela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:- Tudo bem, Pê? - Sim... sonhei de novo com o .. de uma cliente. Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que abunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.- Vira agora do outro lado. Baahh.... por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.- Penélope, empresta um chumaço de algodão?Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.- Máquina de quê?!- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.- Dói?- Dói nada.- Tá, passa essa...- Baixa a calcinha, por favor. Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao .... O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.- Prontinha. Posso passar um talco?- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.- Tá linda! Pode namorar muito agora. Namorar...namorar.... eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada.
*Obs.Eu achei essa historia no blog de uma amiga.
A Joamaral.blogspot.com tambem chorei de tanto rir.Bjus

31 comentários:

Anônimo disse...

Oi Helena!
Nooooossa! Essa história é mt engraçada...eu chorei de tanto rir!
Me lembrei tb da minha 1ª vez de depilação. rsrsrsrsr
Isa (Portugal)

Nuna disse...

oi HELENA!!!rsrsrsrsr eu dei risada até a minha barriga doer....que coisa hein?que tortura?rsrsrsr eu é que não me meterei nesta!!!!Obrigado pelo aviso,dor...ninguém merece....você é muito boa escritora....já pensou em escrever umm livro?Obrigada pela visita e carinho....saudades...beijinhos...

bruxinha juh-crochê e costura disse...

Amei ler seu depoimento!Você tem muito jeito prá escrever humor.Ri sozinha feito uma maluca.Foi òtimo!Beijos no seu coração!

anaeartes disse...

Ei minha cára...quase morri aki, e meu filhinho sem entender nada: cê tá beim mãe?????Amei o passo a passo da depilação...eu particularmente não vivo sem depilação, acho que depois do absorvente vou amellhor invenção que existe(sem contar com fraldas descartáveis).Depois da primeira vez agente se acostuma...e acaba até gostando da depilação!!!!
bjkas
querida, vc continua...ótima@@@@!!!
ana

MARCIA COSTA disse...

MENINA CHOREI DE TANTO RIR..EU NÃO QUERO NEM SABER DE DEPILAÇÃO,,SOU A FAVOR DA MATA ATLANTICA...EHEHEHEHE..QUE LEGAL,,,VALEU PELA RISADA.....BJSSSSSSSSSSSSSS

Toninho Souza disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mania do Croche disse...

Oi Querida!
Coitadinha desta menina,foi uma tortura hem!rrsss... Muito engraçado este depoimento...
Bjos! Rose

Anônimo disse...

Que tortura!Adorei este texto!Abraços Cloé.

miminhosd'ana disse...

Oii Amiga
Adorei esta história. tem muito jeitinho para a escrita.
Vim retribuir sua visita e desejar uma otima semana.
Um beijão
Ana

nena disse...

Olá!
Fiquei feliz com sua visita.
Claro que pode me linkar.Será uma honra fazer parte de sua lista.
Bjos,Nena

inessag disse...

Olaaá querida boa tarde! Passando pra lhe dar um abraço...fala sério ninguém merece tanta tortura...rsss...ótimo mesmooo só pra dar boas gargalhadas...Pois eu tenho horror à depilação assim com cera quente como me depilo todos os dias prefiro o aparelho convencional pra ficar direto bem macia e sem nenhunzinho...nas virilhas pra contar a estória...heheh...Adoro teus trabalhos um mais lindinho que o outro e todos perfeitos!Beijocas..te cuida!

Ensinar com prazer disse...

hehehehehe
hehehehe
hehehe


_____________♥♥ _ o sol
____________♥♥♥♥ _ prometeu
___________♥♥♥♥♥♥ _a
__________♥♥♥♥♥♥♥♥ _ lua
________♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _um
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _raio
__♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _ de
____♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _claridade
______♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _e eu
_______♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _prometo
_______♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _ a
______♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _vc
_____♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥_♥♥♥♥♥♥♥♥♥ _ a
____♥♥♥♥♥♥♥_______♥♥♥♥♥♥♥ _minha
___♥♥♥♥♥♥___________♥♥♥♥♥♥ _eterna
__♥♥♥__________________♥♥♥ _amizade!!!!!!

ﺅﺊﺋ♥ﺅﺊﺋﺋ══════ﺅﺊﺋ♥ﺅﺊﺋﺋ══════ﺅﺊﺋ♥ﺅﺊﺋﺋ

  ﺅﺊﺋ♥ﺅﺊﺋﺋ
        Tudo na vida passa,
  
           tudo na vida tem fim,
   
           entre lágrimas e sorrisos,

              nunca se esqueça de mim.
      ﺅﺊﺋ♥ﺅﺊﺋﺋ
Não tenho certeza
se fiz tudo que devia...
Mas tenho certeza que fiz
o mais importante:LEMBREI-ME DE VC!!!
A
B
R
A
Ç
O
S
!
!
!

celestinabarros disse...

Oi,, Helena!

Eu precisava muito ler essa história
hoje! adorei!
Bjs da Celeste e uma boa semana!

Mania do Croche disse...

_____________00______AS AMIZADES
____________0000_______VERDADEIRAS__
___________000000____SÃO COMO__
__________00000000_______AS ESTRELAS__
________000000000000__________NÃO____
00000000000000000000000000000__AS_____
__0000000000000000000000000__VEMOS__
____000000000000000000000___TODA_____
______00000000000000000___HORA____
_______000000000000000___MAS SABEMOS_
_______000000000000000_____QUE ELAS ___
______00000000000000000_______*EXISTEM*_
_____000000000_000000000___________
____0000000_______0000000_____________
___000000___________000000___UM ÓTIMO DIA
__000___________________000__PRA VC... BJs

´´

Rosemeire

Esperança disse...

Oi Helena,apesar da tristeza do dia de hoje pelos que se foram no acidente com o avião em S. Paulo,eu ri com esse dpoimento,e olhe que nunca leio essas coisas quilometricas mas o seu foi inevitável,muiot bom.
bjs

Aninha disse...

Minha Lindinha!
Passei aqui em busca de alegria, pois logo que assisti ao Jornal Nacional mim bateu um choro, uma tristeza e preocupação com os famíliares da tragédia da TAM.
Encontrei alegria!!!
Essa história é muito divertida, é pra vc rir mesmo...
Obrigada por mim fazer tão bem.
Um abraço bem apertadinho e um beijinhobem quentinho no coração.
ANINHA.

Anynha Crochê disse...

Olá Amiga
Obrigado pela visita, e o seu chá está maravilhoso...rsrs.
E quero te falar que você já pode me linkar pois só agora consegui colocar a caixinha ok?, te espero...bjuss

blog da nice disse...

Apesar de ser dipiladora ,adorei sua mensagen,beijos nice

Anynha Crochê disse...

Olá Amiga
Vim te ensinar a me linkar,ok?
click na minha caixinha que tem as letras, ela fica toda selecionada ai vc aperta o botão do mouser e copia.
Volta para seu blog e vai no personalizar, vai abrir a janela, adicionar e organizar elementos da página.
Click em adicionar um elemento de pagina, abre a janela, vc escolhe,
HTML/JavaScript, vai abrir outra janela cole o que vc copiou, não precisa colocar nome do titulo.
ai é só salvar, vc pode colocar para baixo onde vc quiser.
Se vc não entendeu me diga que esplico novamente.
A bolsa FAT eu arredondo ela quando estou franzindo, sigo sempre o video da Elaine pelo video fica redondinha...um abraço

Cintia Caldas disse...

Oi Helena.
Que maximo,essa estoria,amei...
rolei de rir...
abraços
cintia

Angela disse...

Mutio bom esse texto, me matei de rir!! Mas eu nao faco depilacao naummmmm ninguem merece sofrer tanto rssss
Beijos

Angela

Mania do Croche disse...

.........,___.
......../...../)).
.......(...c'.a(.
......._).).._/.
.......\_/..(_.
......./..\`~\\.
.....(,,,,,)....')). Helena!
......|.../.'..'((.
.......\..\......`.. "Que seu amanhecer seja tão encantado
.......,'\..\_.....`.. como a magia do arco-íris...
....../...`._\.......\. Q seu dia seja tão estrelado
...../,,,,........,,,,,..\. como a mais linda noite de luar...
...'/__|=...=\__\=\.Q seus desafetos sejam tão pequenos
..'/'''..'...,,,,...'```..\. como a menor gota do mar...
./.......=|_|=...........\. Q sua docilidade seja tão sensível
.`-.__..'"""`....__..-'. como a do mel mais natural...
.....|(/`--....--'\..\. Q sua capacidade seja tão aprovada
.....|/............./\_\. como a alma mais povoada...
.....................`-..\. E q nosso afeto seja tão verdade
____________ `'. como é nossa amizade..."

Adoro vc...

Rosemeire

εïз Andrea Cris εïз disse...

Oi Amiga
Ha ha ha dei tantas risadas....
Adoro seu blog
Vim te desejar
BOM FINAL DE SEMANA
Bjs
Andrea

Ensinar com prazer disse...

........................******.
......................**'......`**
....................**..............**.
...`*****.,.. **....:....'...**....*****.
**`..,.......`*.`**.`::.**'.**'...........`*
**..,........`.`*.`**::** **'....'.....'.....**
.**...`.........:;*.******..'................**
...`**....'......::*....♥.♥....*,''.....`.....**
.....`******.*.....\___/....*******
.............*"...*.............`*........'......**
.........***'...'...':..*****.`......`........**
......**'.....'..:...'**.:..:..*....`'......`..:**
......*'.........'...**.`........`**......``..*'
......*....'......***..............`******'
.......`******'

Desejo que seu dia seja lindo como um jardim
    florido, iluminado como a luz do sol, alegre como
   o canto dos pássaros e encantador como você.
E por isso deixei o pap de uma linda flor lá no blog.
Estou aqui te convidando a visitar,ver e comentar e claro esperando ver vc fazer a sua.
Com carinho e prazer votos de um lindo fim de semana.
bjs

Ana Lilian disse...

Que história heim?!!
Parabéns pelo blog, sempre lindinho, arrumadinho!!!
Bjinhos

rosa disse...

ola querida prazer em conhecela,confesso que é muito engraçada esta história,olha eu nunca fiz depilação com cera,agora é que nõ faço nem que a vaca tussa hihi!!!um abraço

Tatika Croche disse...

Muito Dez mesmo kkkkk ! Mas é tudo verdade né !! Agente sofre assim mesmo !

Chuana disse...

Meu deus!!! Deve ter mesmo sofrido muito a pobre coitada! O que vale é que aqui em Portugal, "cavada" significa muito menos do que isso! Uffa!

Bjs
Chuana :)

PS: apesar de todo o sofrimento também chorei de riso!

Anônimo disse...

Oi Helena!!!
Tive de interromper a leitura
duas vezes pra ir ao banheiro.rsrs.
Gostei tanto e ja enviei a umas amigas.Tudo bem???
Eidi(Curitiba)

Helena Soares disse...

ola amiga anonima
Eidi(Curitiba)
pode repassar sim eu tambem peguei da minha amiga rsrsrsrs
se pra agradar tudo vale a pena ne
volte sempre
bjokas

Izabel Miranda disse...

Oi Amiga como vc tá?Gostei muito da historia kkkkkkkkkkkkk, vc me faz rir muito.To com saudades.
Bjão, Bel